Nascido em 30 de julho de 1968 em Flint, Michigan, Terry Alan Crews é filho de Patricia Ann (Simpson) e Terry Crews. Ele é o filho do meio em uma família de três irmãos e foi criado principalmente por sua mãe em um lar cristão estrito. Seu pai era alcoólatra e abusivo com sua mãe. Aos 18 anos, sua mãe o recebeu no mundo, já demonstrando a resiliência da família desde cedo.

Terry Crews tem um histórico musical notável; ele recebeu uma flauta de sua tia-avó e estudou o instrumento durante oito anos. Passou um verão na Interlochen Arts Academy e ingressou na Western Michigan University em Kalamazoo, inicialmente com uma bolsa de estudos em artes.

Carreira no Futebol Americano

Crews era um atleta talentoso e, após o seu primeiro ano na universidade, decidiu tentar a sorte no time de futebol americano. Ele conseguiu uma bolsa de estudos esportiva integral e foi selecionado pelo Los Angeles Rams na 11ª rodada do Draft da NFL de 1991. Sua carreira na NFL incluiu períodos com os Rams, San Diego Chargers e Washington Redskins. Também jogou na World League of American Football (WLAF) pelo Rhein Fire.

Carreira no Cinema e Televisão

Após se aposentar da NFL em 1997, Crews mudou-se para Los Angeles para seguir sua carreira de ator. Em 1999, conseguiu seu primeiro papel em um programa de TV chamado “Battle Dome”. Contudo, foi em filmes como “Friday After Next” (2002), “White Chicks” (2004) e “Idiocracy” (2006) que ele realmente se destacou. Crews ganhou reconhecimento mais amplo por sua atuação como Julius Rock na série “Everybody Hates Chris”, que foi ao ar de 2005 a 2009. Mais tarde, ele interpretou Terry Jeffords na aclamada série “Brooklyn Nine-Nine” de 2013 a 2021.

Além de atuar, Crews também se envolveu em programas de realidade e game shows. Ele apresentou “Who Wants to Be a Millionaire” de 2014 a 2015 e foi o anfitrião de “America’s Got Talent” a partir de 2019.

Ativismo e Conquistas

Crews é um defensor público dos direitos das mulheres e ativista contra o sexismo. Ele foi incluído entre o grupo de pessoas nomeadas como Personalidade do Ano pela revista Time em 2017 por suas revelações públicas sobre assédio sexual. Além de seu ativismo, ele também é um cristão devoto e casado com Rebecca King desde 1989. O casal tem cinco filhos.

Escritos e Outros Empreendimentos

Em 2014, Crews lançou sua autobiografia, “Manhood: How to Be a Better Man or Just Live with One”, onde detalha sua luta contra o vício em pornografia e como superou o problema. Ele é apaixonado por desenvolvimento pessoal e cita “The Master Key System” de Charles F. Haanel como seu livro favorito.

Em 2021, ele anunciou sua própria criptomoeda baseada em Ethereum, chamada $POWER, marcando outra etapa interessante em sua carreira multifacetada.

Assim, a trajetória de Terry Crews é uma inspiração, demonstrando que é possível superar as adversidades e ter sucesso em múltiplos campos.

CONHEÇA TAMBÉM:  Lady Gaga

Corrigir / Atualizar ou Adicionar Informações