Rodrigo Simas é um ator brasileiro que nasceu no Rio de Janeiro, em 6 de janeiro de 1992. Ele é filho do capoeirista Beto Simas e da produtora Ana Sang, e irmão dos também atores Bruno Gissoni e Felipe Simas. Ele se formou em teatro no Tablado, uma famosa escola de teatro no Rio de Janeiro. Ele começou sua carreira na televisão em 2009, na novela Poder Paralelo, da RecordTV, e desde então se destacou por seus papéis em novelas como Fina Estampa, Malhação, Além do Horizonte, Boogie Oogie e Orgulho e Paixão. Ele também fez vários filmes, como Serra Pelada, BR 716 e O Grande Circo Místico. Ele é namorado da atriz Agatha Moreira, com quem contracenou em Orgulho e Paixão e A Dona do Pedaço.

O início na RecordTV e na Globo

Rodrigo Simas fez sua estreia na televisão em 2009, na novela Poder Paralelo, da RecordTV. Ele interpretou o personagem Júnior, um jovem que se envolvia com o tráfico de drogas e que era filho de Tony, vivido por Gabriel Braga Nunes, um ex-agente da CIA que lutava contra a máfia. A novela foi um sucesso de audiência e crítica, e rendeu ao ator o prêmio de ator revelação no Prêmio Arte Qualidade Brasil.

Em 2011, Rodrigo Simas se transferiu para a TV Globo, onde fez sua estreia na novela Fina Estampa, de Aguinaldo Silva. Ele interpretou o personagem Leandro, um jovem sonhador e apaixonado por carros, que trabalhava como mecânico na oficina de Griselda, vivida por Lília Cabral, uma mulher simples e batalhadora, que ganhava na loteria. Ele contracenou com Milena Toscano, que vivia Solange, sua namorada. A novela foi um sucesso de audiência e crítica, e rendeu ao ator o prêmio de ator revelação no Prêmio Contigo! de TV.

A participação na Dança dos Famosos e o sucesso em Malhação

Em 2012, Rodrigo Simas participou da nona edição do quadro Dança dos Famosos, do programa Domingão do Faustão. Ele dançou diversos ritmos, como forró, samba, tango, salsa, rock, lambada, entre outros, e se manteve na liderança da competição durante os quatro meses de exibição do quadro, consagrando-se campeão no dia 16 de setembro, em uma final contra a atriz Cláudia Ohana. Ele foi elogiado pelo seu carisma, sua técnica e sua evolução na dança.

CONHEÇA TAMBÉM:  Luciana Braga

No mesmo ano, Rodrigo Simas entrou para o elenco da novela Malhação, na temporada intitulada Intensa como a Vida. Ele interpretou o personagem Bruno, um jovem estudante de medicina, que se apaixonava por Fatinha, vivida por Juliana Paiva, uma garota ousada e divertida, que trabalhava como dançarina em uma boate. O casal enfrentava o preconceito da família dele, que era de classe média alta, e as diferenças de personalidade entre eles. A novela foi um sucesso de audiência e crítica, e o casal “Brutinha” foi um dos mais queridos pelo público, tendo grande repercussão nas redes sociais.

As protagonistas e os personagens históricos

Em 2013, Rodrigo Simas protagonizou a novela Além do Horizonte, de Carlos Gregório e Marcos Bernstein. Ele interpretou o personagem Marlon, um rapaz inteligente e aventureiro, que se envolvia com Lili, vivida por Juliana Paiva, uma moça rica e curiosa, que buscava o paradeiro de seu pai, que havia desaparecido. O casal se unia a William, vivido por Thiago Rodrigues, um jovem que também procurava por seu irmão, e juntos eles descobriam uma comunidade secreta, onde as pessoas eram submetidas a um experimento misterioso. A novela foi um fracasso de audiência e crítica, e foi encurtada pela emissora.

Em 2014, Rodrigo Simas fez parte do elenco da novela Boogie Oogie, de Rui Vilhena. Ele interpretou o personagem Beto, um playboy dos anos 70, que se envolvia com Inês, vivida por Deborah Secco, uma aeromoça que planejava se casar com um homem rico. O casal vivia um romance cheio de mentiras e traições, e se envolvia em várias confusões. A novela foi um sucesso de audiência e crítica, e rendeu ao ator o prêmio de melhor ator coadjuvante no Prêmio Extra de TV.

Em 2016, Rodrigo Simas participou da novela Liberdade, Liberdade, de Mário Teixeira. Ele interpretou o personagem Rubião Júnior, um jovem revolucionário, que era filho de Rubião, vivido por Mateus Solano, um vilão que era o intendente de Vila Rica. Ele se apaixonava por Joaquina, vivida por Andreia Horta, uma moça que era filha de Tiradentes, vivido por Thiago Lacerda, um dos líderes da Inconfidência Mineira. A novela foi um sucesso de audiência e crítica, e rendeu ao ator o prêmio de melhor ator coadjuvante no Prêmio Contigo! de TV.

Em 2018, Rodrigo Simas protagonizou a novela Orgulho e Paixão, de Marcos Bernstein. Ele interpretou o personagem Ernesto, um jovem italiano, que se mudava para o Brasil com sua família, e que se apaixonava por Elisabeta, vivida por Nathalia Dill, uma moça independente e feminista, que sonhava em ser escritora. O casal enfrentava as diferenças culturais, sociais e familiares, e vivia um amor cheio de aventuras e desafios. A novela foi um sucesso de audiência e crítica, e o casal “Ernestabeta” foi um dos mais amados pelo público, tendo grande repercussão nas redes sociais.

Os trabalhos no cinema e no teatro

Além da televisão, Rodrigo Simas também se destacou no cinema e no teatro. Ele participou de vários filmes, como Serra Pelada (2013), de Heitor Dhalia, em que interpretou Carvalho, um dos garimpeiros que buscavam ouro na Amazônia; BR 716 (2016), de Domingos Oliveira, em que interpretou Felipe, um jovem escritor que vivia em um apartamento no Rio de Janeiro nos anos 60; e O Grande Circo Místico (2018), de Cacá Diegues, em que interpretou Fred, um trapezista brasileiro que fazia parte de um circo centenário.

Ele também fez várias peças de teatro, como Escola de Mulheres (2010), de Molière, em que interpretou Horácio, um jovem galanteador que se apaixonava por Agnès, vivida por Sophie Charlotte, uma moça ingênua e inocente; A Paixão de Cristo (2012), de José Pimentel, em que interpretou Jesus, o messias crucificado; e A Ver Estrelas (2014), de João Falcão, em que interpretou João, um rapaz aventureiro e idealista que se envolvia com Ana, vivida por Sophie Charlotte, uma moça sonhadora e apaixonada.

Corrigir / Atualizar ou Adicionar Informações