Ras Nas

Ras Nas

Nasibu Mwanukuzi, mundialmente conhecido pelo nome artístico Ras Nas, é um poeta e músico da Tanzânia que se destaca pela fusão rítmica entre a música africana e o reggae, enriquecida por sua poesia vibrante. Nascido na cidade de Morogoro, Tanzânia, Ras Nas iniciou seu caminho na arte da poesia africana aos 17 anos, explorando diversas formas de canto africano e percussão.

Formação Acadêmica e Jornalismo

Em 1984, graduou-se em Direito pela Universidade de Dar es Salaam, obtendo seu diploma de LLB. Sua trajetória profissional incluiu um período como jornalista para o “Daily News” e como correspondente para a revista “Africa”, onde seu foco principal era a cobertura de questões culturais.

Influências Musicais

Durante a juventude, Ras Nas foi profundamente influenciado pela música tanzaniana de guitarristas renomados como Wema Abdallah, Mbaraka Mwinshehe e Michael Enok do Dar Jazz. As vibrações congolesas de ícones como Luambo Makiadi e Dr. Nico, bem como a música caribenha dos anos 60 e os grandes nomes do reggae como Bob Marley e Gregory Isaacs, também moldaram seu estilo musical único.

Carreira Artística e Ativismo

Em 1982, co-fundou o grupo de poesia e drama Sayari em Dar es Salaam, que fundia música africana, poesia, dança e teatro. O grupo realizou turnês extensas pela Escandinávia. Posteriormente, Ras Nas mudou-se para Oslo em 1985 para estudar Comunicação de Massa na Universidade de Oslo. Lá, ele foi peça fundamental na criação do grupo “Umoja” e do coletivo “Artists for Liberation”, que seriam predecessores do Nordic Black Theater.

Publicações e Parcerias Musicais

Seu talento literário floresceu com a publicação da coletânea de poesia africana “Double Focus”, em 1989, através da Kongoi Productions. Na música, ele se uniu a artistas como Reginald T. Oliver e James Toney Jr., formando o trio Nasibu and the Dual Vision, posteriormente conhecido como The Cold Fire.

CONHEÇA TAMBÉM:  Gigy Money

Carreira Solo e Reconhecimento Internacional

Como artista solo sob o nome Ras Nas, ele estreou com sua banda em 1991 e, no ano seguinte, teve a honra de se apresentar para Nelson Mandela em sua primeira visita à Noruega. Em 1997, Ras Nas produziu seu CD de estreia “Cut You Loose”.

Contribuições e Atuações

As faixas de Ras Nas são encontradas em várias compilações de música, destacando-se “AMUN Tropical Acts vol.1” e “RAW 2000” da Reggae Ambassadors Worldwide. Ele tem compartilhado palcos com ícones como Bob Dylan e Lou Reed e aquecido o público para gigantes do reggae como Luciano.

Álbum “Dar-es-Salaam”

Seu álbum mais recente, “Dar-es-Salaam”, é uma mistura de reggae e música africana, recebendo críticas elogiosas e uma avaliação de cinco estrelas no jornal norueguês Dagsavisen. Neste trabalho, colaborou com músicos de nove países diferentes, incluindo o guitarrista norueguês Knut Reiersrud.

Atuação Internacional e Festivais

Ras Nas se destacou em vários festivais internacionais e programas de renome, como o programa The Beat da BBC World Service. Entre seus méritos, está sua participação em festivais em Cairo, Beirut, Sri Lanka e Lahore, bem como em diversos eventos de música mundial em Oslo.

A rica trajetória de Ras Nas, marcada pela versatilidade cultural e pelo compromisso com a arte, continua a inspirar gerações e a ecoar pelos palcos do mundo, reafirmando a influência da música africana e do reggae no panorama cultural global.