Nascida em 29 de Abril de 1985 na província de Tete, Moçambique, Luísa Zélia Sebastiana da Graça Madade, mais conhecida como Liloca, é uma das referências da música moçambicana atual. A sua carreira multidimensional, que começou com a dança e se estendeu para a música, a torna uma figura significativa no cenário artístico do país.

Início da Paixão pela Dança

Desde os seus primeiros anos, Liloca sempre teve uma paixão ardente pela dança. No ensino primário, iniciou sua jornada artística como dançarina, participando de vários grupos de dança ao longo de sua infância e adolescência.

Carreira Profissional em Dança e Música

Em 2004, decidiu fundar sua própria escola de dança chamada “Sweet Dance” em Maputo, onde ela reside atualmente. A academia tornou-se um terreno fértil para novos talentos e grupos de dança em Moçambique. Entre 2004 e 2006, ela também trabalhou como bailarina para MC Roger, uma outra grande figura da música moçambicana.

Transição para a Música

A transição de Liloca para a música ocorreu em 2006, quando lançou seu primeiro single “Como Ela Dança”. Recebida com desconfiança inicial, ela provou seu talento inegável ao lançar “Muyive” (Changana: Ladrão) em 2007, uma canção que ganhou o prêmio de “Melhor Música Revelação” no concurso musical “Ngoma”, promovido pela Rádio Moçambique. No mesmo ano, ela lançou seu primeiro álbum “Tic Tac é Meu Style”, dando continuidade com “Magnífica” em 2009 e “Mulher Moçambicana” em 2012.

Estudos e Reconhecimentos

Liloca é licenciada em Direito pelo Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique (ISCTM). Ao longo dos anos, recebeu diversos prêmios nacionais e até participou da comitiva presidencial em uma visita de Estado a Portugal em 2015, um feito notável para um artista.

Polêmicas e Críticas

Apesar de sua aclamação, não esteve isenta de controvérsia. Em 2015, sua performance em um festival no Dia Internacional da Criança em Maputo foi fortemente criticada pela mídia, que questionou a adequação de sua coreografia física para um evento infantil.

Legado e Futuro

Hoje, Liloca é uma das figuras mais proeminentes da música moçambicana, contribuindo com múltiplos gêneros, incluindo Afro, Marrabenta e Afro House. Enquanto seu sucesso é predominantemente centrado em Moçambique, ela almeja levar sua arte para palcos internacionais. Em 2016, comemorou uma década de carreira musical, solidificando seu espaço na cultura moçambicana e continuando a ser uma inspiração para artistas emergentes.

Com sua música, Liloca busca mais do que entretenimento; ela se vê como a “cantora do povo”, refletindo os desejos e preocupações de suas raízes culturais, com a visão de expandir sua influência além das fronteiras de Moçambique.

CONHEÇA TAMBÉM:  Mr. Bow

Corrigir / Atualizar ou Adicionar Informações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui