Jhikoman

Jhikoman

Jhikolabwino Siza Manyika, mais conhecido como Jhikoman, nasceu em 1972 em Dar Es Salaam, Tanzânia. Ele é o terceiro de nove filhos, com cinco irmãos e três irmãs. Jhikoman é um artista multifacetado que, além de músico, também trabalha como pintor, desenhista, escultor e agricultor. Ele reside atualmente em Bagamoyo, Tanzânia.

Carreira Musical

Jhikoman começou sua jornada musical em 1994 e se destacou como um artista de reggae tanzaniano, integrando o reggae acústico com música africana. Canta em inglês, suaíli e em sua língua materna, Kinyasa. Sua música tornou-se um veículo para conscientizar sobre a opressão social e injustiça, transmitindo mensagens de paz, amor e união.

Desde 2000, Jhikoman é o vocalista da banda Afrikabisa. Ele também atua como treinador vocal em sua gravadora, a AfrikaBisa Records. Profissionalmente, ele se expandiu para a educação, unindo-se como conselheiro vocal no Bagamoyo Institute of Art and Culture e na TaSUBa em 2012.

Influência e Atuações

Jhikoman é reconhecido por suas numerosas performances, tanto na Europa quanto na África, participando de festivais renomados como Mela em Oslo, Noruega, World Village Festival em Helsinki, Finlândia; Exeter Respect Festival no Reino Unido e localmente no ZIFF- Zanzibar International Film Festival e no Sauti za Busara em Zanzibar, além do Bagamoyo International Art Festival.

Vida Pessoal

Jhikoman é pai de três filhos: duas filhas, Chimwemwe e Ntendele, e um filho, Tayamika.

Discografia

A música de Jhikoman está disponível em plataformas como CDBaby, iTunes e Amazon.

Álbuns

  • “Chikondi” (2007): O álbum, cujo título significa amor divino e incondicional na língua Nyasan, foi gravado entre Oslo, Noruega e Dar es Salaam, Tanzânia, com a colaboração de artistas internacionais.
  • “Tupendane” (2008): Este trabalho foca em músicas em suaíli e contou com a participação de Micho Dread, gravado no StudioRed em Helsinki, Finlândia.
  • “Yapo” (2009): Produzido pelo músico e produtor finlandês Samuli “power” Majamäki, o álbum foi gravado entre Bagamoyo, Tanzânia, UduMood studio na Finlândia e Alcalassa na Espanha.
  • “Moyo Unadunda” (2012): Um álbum colaborativo entre Jhikoman e a banda Afrikabisa.
CONHEÇA TAMBÉM:  Godzilla

Singles

  • “Selina” (2010): Um single dentro do gênero Roots Reggae.
  • “Bongoraggamuffin” (2011): Uma fusão entre o Afro-Beat e o reggae.
  • “Bagamoyo” (2013): Uma colaboração com FidQ & Mzungu Kichaa, imerso nas raízes da música do leste africano.
  • “Afrika Arise” (2015): Uma parceria com Peetah Morgan.

Jhikoman continua a ser uma voz influente no cenário musical da Tanzânia e da África Oriental, utilizando sua arte para inspirar e promover mudanças sociais.