Jaime Leibovitch, nascido no Rio de Janeiro em 4 de outubro de 1947, é um multifacetado artista brasileiro, destacando-se como ator, apresentador e professor, com uma formação adicional em psicologia. Sua rica trajetória nas artes cênicas é complementada por uma profunda compreensão da psique humana, adquirida em sua graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Início da Carreira

Leibovitch mergulhou no mundo do teatro nos anos 60, frequentando o Centro Popular de Cultura (CPC) da União Nacional dos Estudantes (UNE). Esta experiência inicial no teatro foi fundamental, marcando o começo de sua jornada nas artes cênicas. Posteriormente, ele ingressou no Conservatório Nacional de Teatro da antiga Federação das Escolas Federais Isoladas do Estado do Rio de Janeiro (FEFIERJ), hoje UniRio, uma decisão que solidificou seu caminho profissional, embora não tenha concluído o curso.

Carreira Profissional

Desde 1980, Leibovitch tem atuado profissionalmente em uma vasta gama de espetáculos teatrais, destacando-se em produções como “As Feiticeiras de Salem”, “A Mulher sem Pecado” e “Diários do Paraíso”. Além de sua carreira teatral, Jaime expandiu seu talento para a televisão e o cinema, contribuindo com atuações memoráveis em diversas produções.

Televisão

Na televisão, Leibovitch marcou presença em novelas e séries de grande repercussão, como “Bandidos da Falange”, “Vale Tudo”, “A Viagem”, “Da Cor do Pecado”, entre outras. Ele também se aventurou como apresentador, conduzindo programas educativos como “Globo Ciência” na Rede Globo e “Arquivo C” no Canal Futura, demonstrando sua versatilidade e capacidade de engajar o público de maneiras distintas.

Cinema

No cinema, Jaime Leibovitch contribuiu com atuações em filmes como “A Cartomante”, “Zuzu Angel”, “A Guerra dos Rocha” e “De Pernas pro Ar 2”, mostrando seu talento em um espectro ainda mais amplo de personagens e histórias.

Contribuições Acadêmicas e Clínicas

Além de sua carreira artística, Leibovitch exerceu a psicologia clínica por cerca de 30 anos, trazendo insights da psicologia para sua atuação e vice-versa. Sua experiência como professor de Teatro e Artes complementa sua jornada, enriquecendo sua abordagem pedagógica com a sensibilidade e compreensão adquiridas em suas múltiplas carreiras.

Legado e Reconhecimento

A trajetória de Jaime Leibovitch no mundo das artes cênicas é um testemunho de seu talento, versatilidade e compromisso com a excelência. Sua capacidade de transitar entre a atuação, a apresentação e o ensino, somada à sua formação em psicologia, faz dele uma figura única e respeitada no panorama cultural brasileiro. Leibovitch continua a inspirar novas gerações de artistas e espectadores com sua paixão pelas artes e pela compreensão humana.

CONHEÇA TAMBÉM:  Kadu Moliterno

Corrigir / Atualizar ou Adicionar Informações