Nascido em 30 de dezembro de 1995 em Naples, Flórida, Dominic David Fike teve uma infância repleta de desafios e aventuras. Criado por sua mãe solteira, Fike cresceu com seus irmãos Alex, Apollonia (apelidada de Apple) e Sean. De ascendência afro-americana, filipina e haitiana, Fike sempre teve um espírito diversificado. Ele frequentou a Naples High School, onde se formou em 2014.

Desde cedo, Fike mostrou interesse pela música. Fã de Jack Johnson, Blink-182 e Red Hot Chili Peppers, ele aprendeu a tocar guitarra aos dez anos de idade, reproduzindo canções dos Chili Peppers. Sua infância foi marcada por momentos difíceis devido à ausência constante dos pais. Ele e seus irmãos passavam bastante tempo se cuidando e vivendo em casas diferentes, incluindo as de parentes e amigos da família.

Início de Carreira (2017-2018)

Dominic Fike começou a ganhar reconhecimento ao lançar várias músicas populares no SoundCloud, colaborando inicialmente com o produtor Hunter Pfeiffer, conhecido como 54. Sua carreira tomou um novo rumo com o lançamento do EP “Don’t Forget About Me, Demos” em 2018, que ele gravou enquanto estava em prisão domiciliar por agredir um policial. Este EP atraiu a atenção de várias gravadoras, resultando em um contrato de $4 milhões com a Columbia Records em agosto de 2018.

Ascensão ao Estrelato (2019-2022)

Em 2019, Fike colaborou com Brockhampton e Halsey, ganhando ainda mais notoriedade. Seu álbum de estreia “What Could Possibly Go Wrong” foi lançado em 2020, alcançando as paradas de sucesso em vários países, incluindo Estados Unidos e Austrália. O álbum incluiu hits como “Chicken Tenders” e “Politics & Violence”.

Em 2022, Fike diversificou sua carreira ao se tornar um membro do elenco da segunda temporada da série de televisão “Euphoria”, interpretando um adolescente que abusa de substâncias. A performance foi tão impactante que lhe rendeu uma nomeação para o MTV Movie & TV Awards de “Melhor Beijo”, compartilhado com Hunter Schafer.

CONHEÇA TAMBÉM:  Timbaland

Atualidade (2023–presente)

No ano de 2023, Fike lançou seu segundo álbum de estúdio, “Sunburn”, que foi precedido pelos singles “Dancing in the Courthouse”, “Ant Pile” e “Mona Lisa” – esta última fazendo parte da trilha sonora do filme “Spider-Man: Across the Spider-Verse”. O álbum foi lançado em julho, contendo 15 faixas e alcançando sucesso instantâneo.

Fike também fez sua estreia no Coachella em 2023 e anunciou sua turnê “Don’t Stare At The Sun”, que começará na América do Norte e se estenderá até o Reino Unido.

Filmografia e Prêmios

Fike não se limitou apenas à música e atuação; ele também trabalhou em filmes. Ele fará parte do elenco de “Earth Mama” e “Little Death”, este último ainda em pós-produção. Dominic foi nomeado para o Grammy de “Álbum do Ano” em 2022 como artista convidado no álbum “Justice” de Justin Bieber.

Legado

Com uma carreira em ascensão e um talento inegável, Dominic Fike é certamente um nome a ser lembrado. Seu impacto transcende a música, tocando também o mundo da atuação e da moda, com sua colaboração com Marc Jacobs em 2019. Ele é um artista multifacetado cujo futuro parece ilimitado.

Discografia

  • What Could Possibly Go Wrong (2020)
  • Sunburn (2023)

Filmografia

  • Earth Mama (2023)
  • Little Death (TBA)
  • Euphoria (2022–Presente)
  • The Lorax (2022–Presente)

Prêmios e Nomeações

  • NME Essential New Artists for 2020
  • Grammy Awards – Album of the Year, 2022 (Nomeado)
  • MTV Movie & TV Awards – Best Kiss, 2022 (Nomeado)

Essa é a trajetória de Dominic Fike até o momento, um artista cuja história e talento são tão diversos quanto inspiradores.

Corrigir / Atualizar ou Adicionar Informações