DJ Kotim

DJ Kotim

No cenário musical brasileiro, um nome tem se destacado com uma velocidade impressionante: DJ Kotim. Ainda na adolescência, Kotim já é responsável pela produção da música mais tocada do Brasil, mostrando que talento não tem idade. Sua história é um testemunho do poder da paixão pela música e da tecnologia como ferramentas para o sucesso precoce.

Origens e Primeiros Passos

Nascido Yuri Ferreira de Almeida, Kotim desde cedo mostrou um interesse incomum por música e tecnologia, diferentemente das crianças de sua idade que tinham predileção por brinquedos. Sua mãe, Simone, percebendo os interesses do filho, não hesitou em fornecer um violão e um notebook, permitindo que Kotim explorasse seu talento naturalmente.

Desenvolvimento do Talento

Com apenas 6 anos, Kotim já editava vídeos em um aplicativo de celular, e aos 8, descobriu como criar bases de funk no notebook. Essa habilidade precoce não passou despercebida, e aos 12 anos, uma das maiores agências de funk de São Paulo, a Love Funk, descobriu seu talento, abrindo portas para um novo capítulo em sua carreira.

Sucessos Nacionais

Aos 13 anos, Kotim alcançou um feito impressionante ao produzir “Casei com a putaria”, música que dominou o primeiro lugar nacional de streaming. Além disso, outras duas músicas suas, “Bagulho louco” e “Doce veneno”, também conquistaram posições de destaque no Top 100 do Brasil, consolidando seu nome na indústria musical.

A Base Musical e a Controvérsia das Letras

Embora Kotim seja o cérebro por trás das bases musicais, ele não escreve as letras das músicas. Muitos dos versos, comuns no universo do funk e do pop brasileiro, abordam temas adultos como o sexo. Sua mãe acompanha de perto seu trabalho, garantindo que, apesar de sua participação nas produções, sua educação e valores permaneçam intactos.

CONHEÇA TAMBÉM:  Mari Fernandez

Prioridade na Educação

Para Simone, a educação de Kotim é a prioridade. Apesar de sua carreira em ascensão, ela insiste que os estudos vêm em primeiro lugar, uma exigência que Kotim parece atender com facilidade, destacando-se academicamente em todas as matérias.

O Início de “Mascotim” a DJ Kotim

O apelido “mascotim”, dado devido à sua posição como o caçula na família mineira, inspirou seu nome artístico, DJ Kotim. Essa marca pessoal acompanhou Kotim desde o início de sua carreira, quando ele começou a publicar e divulgar suas próprias músicas, algumas das quais ele mesmo cantava.

Mudança para São Paulo e Ascensão na Love Funk

A mudança para São Paulo no dia de seu aniversário de 12 anos marcou o início de sua jornada com a Love Funk. Sob a tutela da agência, Kotim cresceu durante a pandemia, colaborando com artistas em ascensão como MC Danny, MC Gabb, e MC Paiva, com quem desenvolveu uma parceria musical frutífera.

Estilo Musical e Influências

Kotim combina o minimalismo do funk mineiro com o ritmo do funk paulista, os graves do trap e melodias pop, criando um som único que ressoa com o público. Sua habilidade de conectar-se musicalmente com MC Paiva tem sido um dos pilares de seu sucesso.

Vida Pessoal e Administração da Carreira

Apesar de seu talento e sucesso, Kotim ainda é menor de idade, e sua mãe, Mony, administra todas as suas redes sociais, que já acumulam mais de 75 mil seguidores. A relação entre Kotim e sua mãe é um pilar em sua vida, tanto pessoal quanto profissionalmente, garantindo que ele permaneça no caminho certo.

DJ Kotim é um exemplo brilhante de como a paixão pela música, quando combinada com o apoio familiar e o acesso à tecnologia, pode levar ao sucesso extraordinário em uma idade muito jovem. Sua história é não apenas uma inspiração para aspirantes a mús