Thomas DeCarlo Callaway-Burton, conhecido profissionalmente como CeeLo Green, nasceu em 30 de maio de 1975 em Atlanta, Geórgia. Filho de pais bombeiros, Green foi exposto à música desde cedo, começando sua carreira musical na igreja. A perda precoce do pai quando tinha apenas dois anos e a morte trágica de sua mãe em um acidente de carro em 1993, quando tinha 18 anos, moldaram sua visão de mundo e carreira. Estes eventos também foram abordados em várias músicas ao longo de sua carreira.

Ascensão à Fama

Antes de seguir carreira solo, Green fez parte do grupo de hip-hop sulista Goodie Mob. A banda começou a ganhar notoriedade precisamente na época da morte da mãe de Green, o que o levou a uma luta emocional que incluiu pensamentos suicidas. Eles lançaram álbuns significativos como “Soul Food” (1995) e “Still Standing” (1998). Em 2002, Green lançou seu primeiro álbum solo, “Cee-Lo Green and His Perfect Imperfections”, seguido por “Cee-Lo Green… Is the Soul Machine” em 2004, ambos pela Arista Records.

Colaboração com Danger Mouse e Sucesso Global

Em 2006, CeeLo formou a dupla Gnarls Barkley com o DJ Danger Mouse. O single “Crazy” do seu álbum de estreia, “St. Elsewhere”, tornou-se um sucesso mundial, alcançando o top 5 em vinte países. A dupla lançou um segundo álbum em 2008, “The Odd Couple”.

Carreira Solo Continuada e Reconhecimento

CeeLo retornou ao cenário solo em 2010 com o álbum “The Lady Killer”. O single “Fuck You” tornou-se seu maior sucesso solo, chegando ao número dois na Billboard Hot 100. Green lançou mais álbuns solo, incluindo “Cee Lo’s MagiMoment” (2012), “Heart Blanche” (2015) e “CeeLo Green Is Thomas Callaway” (2020). Ele também participou de álbuns de reunião com Goodie Mob, incluindo “Age Against the Machine” (2014) e “Survival Kit” (2020).

CONHEÇA TAMBÉM:  Megan Moroney

Televisão e Atuações

Entre 2011 e 2013, Green foi um dos jurados do programa de televisão americano “The Voice”. Ele também emprestou sua voz para o personagem Murray the Mummy no filme animado “Hotel Transylvania” de 2012 e apareceu em vários outros programas de televisão e filmes, incluindo seu próprio show, “CeeLo Green’s The Good Life”.

Controvérsias

Green enfrentou vários momentos controversos, incluindo acusações de abuso sexual e declarações polêmicas no Twitter. Em 2014, ele se declarou “não contestado” a uma acusação de fornecer ecstasy e foi sentenciado a três anos de liberdade condicional e horas de serviço comunitário.

Reconhecimento e Prêmios

Ao longo de sua carreira, Green acumulou uma série de prêmios, incluindo cinco Grammy Awards, um BET Award, um Billboard Music Award e um Brit Award.

Vida Pessoal

CeeLo foi casado com Christina Johnson até 2005 e tem um filho, Kingston. Ele também foi padrasto das filhas de Christina, Sierra e Kalah.

Com uma carreira abrangendo várias décadas, CeeLo Green permanece uma figura complexa e talentosa na indústria da música. Seu trabalho abrange uma gama de gêneros e estilos, solidificando seu lugar como um artista versátil e inovador.

Corrigir / Atualizar ou Adicionar Informações