Ami Faku

Ami Faku

Nascida em 28 de maio de 1993, Amanda “Ami” Faku cresceu no bairro de eZinyoka, em Gqeberha, na África do Sul. Sua paixão pela música surgiu cedo, aos seis anos de idade. Filha de um pastor, Ami teve suas primeiras experiências com a música cantando na igreja de casa que seu pai pastoreava. A artista cita influências variadas que vão do ambiente da igreja ao reggae e hip-hop.

Em 2012, ela deu seus primeiros passos na indústria da música, gravando canções com um produtor que morava a apenas alguns quarteirões de sua casa.

Início de Carreira (2017–2019)

O grande momento da carreira de Ami ocorreu em 2017, quando ela participou da segunda temporada do programa de talentos The Voice SA. Embora não tenha vencido, sua participação chamou a atenção da gravadora The Vth Season, com a qual ela assinou um contrato.

Ascensão e Reconhecimento (2019–presente)

O lançamento de seu álbum de estreia “Imali”, em 2019, marcou um momento decisivo. O álbum estreou em primeiro lugar nas paradas sul-africanas e posteriormente foi certificado como ouro. O álbum contou com a produção de nomes como Blaq Diamond, Sun-El Musician, 37MPH Eternal Africa e Wilson.

Seu primeiro single, “Ndikhethe Wena”, estabeleceu Ami como uma das novas vozes promissoras da África do Sul. A cantora também trabalhou em colaborações notáveis, como “Ungowam” com De Mogul SA e “uWrongo” com o DJ sul-africano Prince Kaybee, que foi certificado como ouro. Além disso, ela colaborou com Sun-El Musician no sucesso “Into Ingawe”, que foi certificado como 3× platina.

No ano de 2020, Ami foi nomeada a artista feminina mais transmitida na África do Sul pelo serviço de streaming Deezer. Ela também foi indicada para Melhor Artista Feminina do Sul da África e Melhor Novata no African Muzik Magazine Awards.

CONHEÇA TAMBÉM:  Mpumi Mtsweni

Novos Projetos (2021–presente)

Em 2021, Ami continuou a crescer e a diversificar seu repertório. Seu single “Lala Ngoxolo”, com o rapper sul-africano Emtee, foi lançado em janeiro. Ela também colaborou com Kabza de Small e DJ Maphorisa no single “Abalele”, que estreou na 4ª posição nas paradas do Spotify.

Ami seguiu explorando novas vertentes em outubro de 2021, sendo destaque com a cantora Sha Sha no single “Phakade Lami” de Nomfundo Moh, e contribuindo para o álbum coletivo “African Lullabies Part 1” da Platoon. No mês de novembro, ela lançou o single “Asibe Happy” novamente em colaboração com Kabza de Small e DJ Maphorisa.

Em 2022, seu trabalho “Fatela” com Aymos foi certificado como platina na África do Sul, reforçando sua posição como uma das artistas mais relevantes do país.

Discografia

Álbuns de Estúdio

  • Imali (2019)

EPs

  • EA Wave Reimagines (2020)

Com uma carreira em ascensão e um talento inegável, Amanda “Ami” Faku é, sem dúvida, uma das grandes estrelas da música sul-africana contemporânea.